Quadrimcast #84 - Reboots

You are here: Home » Quadrimcast » Quadrimcast #84 – Reboots

QC_84_Destaque_1
Bem-vindos, #TropaQuadrimcast ao novo ALL-NEW ULTIMATE QUADRIMCAST NAS INFINITAS TERRAS EDIÇÃO ZERO! Sim, vamos reiniciar o Quadrimcast mas tudo vai ser como era! Inclusive o nosso tema de hoje é justamente isso: REBOOTS!

Mudanças editoriais, aumentar as vendas, cronologia bagunçada! Tudo isso acaba desencadeando no evento que muitas editoras usam para refazer todas as besteiras anteriores… E normalmente criar novas. Os chamados Reboots são uma tendência das grandes editoras (e até de algumas editoras menores de vez em quando) para tentar ajustar as coisas e principalmente tirar dinheiro dos colecionadores.

Vindos de realidades paralelas, os integrantes Luis Garavello (@luisgaravello), Vitor Azambuja (@vitorazambuja) e Walter Stodieck (@waltao) discutem sobre até que ponto foram válidos os seguintes reboots: Crise nas Infinitas Terras, Zero Hora, Flashpoint/Novos 52, HERÓIS RENASCEM (#TROPEIROSCELEBRA) e o universo Ultimate, além de falar um pouco sobre Secret Wars, a nova saga da Marvel que ao que tudo indica vai fazer um reboot e sobre Convergence/Divergence!

Crise foi o melhor reboot já feito? Ou o universo Ultimate é muito melhor? Quais foram os problemas que geraram a Zero Hora? Heróis Renascem poderia existir nos dias de hoje? Porque Flashpoint é criticado? E afinal, Secret Wars tá com cara que vai ser bom ou vai ser uma bomba?

Quadros:
Abertura – 0min 00s a 2min 36s
Leitura de Comentários – 2min 36s a 16min 42s
Assunto Principal: Reboots – 16min 42s a 1h 51min 10s

Saiba ouvindo esta edição:
– Qual será o próximo Quadrimcast!
– O que um dos integrantes quer realmente que aconteça depois de Secret Wars!
– Qual reboot foi na verdade um baita “canetaço”!
– Quem são os novos papais da Quadrim!
– Como a Crise tem influência no selo Vertigo!
– Qual será o novo pedido dos ouvintes!

LINKS!
Loja Marsupial – Lembre de usar o código QUADRIMCAST para ganhar 15% de desconto!
Amolando Faccas #4 – Qual é a diferença entre Reboot e Revamp?
Quadrimcast #05 – A DC travou? Reboota! – podcast sobre o porque a DC lançou os Novos 52
Quadrimcast #06 – New 52: Nós lemos TUDO! – nossa análise de todos os títulos dos Novos 52
Quadrimcast #30 – 1 Ano de Reboot da DC – Nossa análise dos Novos 52, 1 ano depois
Quadrimcast #32 – Samurai X Parte 1 – com o Daniel HDR falando sobre Rob Liefield!
Quadrimcast #35 – Crise nas Infinitas Terras – o reboot que vale!
Quadrimcast #38 – Reino do Amanhã – onde nasceu o conceito de Hipertempo
Battleworld – Site sobre Secret Wars, com o mapa interativo do Battle World

FALE CONOSCO!
E você, quer fazer algum comentário? Dar uma sugestão? Gostou das nossas recomendações ou quer nos dizer as suas? Deixe seu recado aí pra gente! Divulgue o nosso cast, comente aí embaixo do post, envie seu e-mail para quadrimcast@quadrim.com.br!

Siga-nos no twitter do @Quadrim! Dê um “curtir” na nossa página do Facebook! Veja as nossas fotos no Instagram (sim, temos Instagram)!

Faça parte da #TropaQuadrimcast e defenda o seu setor.

Vitrine by Walter Stodieck da 42 Brand Studio

Reproduzir
Você também pode gostar de:
Equipe Quadrim

Nerds e Apaixonados por cinema, séries de TV, animação, games e, especialmente, quadrinhos; os membros da Quadrim se reúnem aqui pra dar sua opinião, mesmo sem ninguém pedir, sobre todos os assuntos que fazem parte desse maravilhoso mundo.

Facebook Twitter 

Comentários

comentários


Esse espaço é destinado aos visitantes da Quadrim para interagir entre si e com os membros da equipe. Não é necessário realizar login, basta informar nome e e-mail. Pedimos a todos que se expressem com respeito e cordialidade, evitando ofensas gratuitas e palavras de baixo calão.

A Quadrim não se responsabiliza pelas opiniões postadas nesse espaço por seus visitantes, mas solicita a todos que se utilizem de sua liberdade de expressão com a devida atenção às regras normais de convívio social. Os comentários estão sujeitos a moderação no caso de descumprimento dessas instruções.


16 Thoughts on “Quadrimcast #84 - Reboots

  1. Não tenho nda contra Reboots (até pq uma hora a cronologia realmente aperta), minha unica critica é quando trata o leitor como idiota, tipo a Marvel faz, de fazer mini-reboots com as desculpas mais esfarrapadas possiveis (Magica, pacto com o Capiroto Quesada?).

  2. leandro alves|

    o ruim dos Reboots é que histórias que são apagadas de vez na cronologia e tem algumas que infelizmente ainda vão vogar…assim como personagens.

    como queria que o Coringa estivesse morto para sempre, por exemplo (e o Alan Moore também, como poderia me esquecer dele?)

    e sobre o Marvel Ultimate, tenho amigos Marvetes que não curtiram muito essa fase. diziam ser muito errada se comparada as histórias originais, sei que a Ultimate foi feita para pegar os fãs que não querem ler mais de 80 anos de quadrinhos. mas…

    fazer o Wolverine trocar de corpo com o Peter e querer “intercourse” com Mary Jane, sendo que ele tem idade para ser tataravô dela.

    um Steve Rogers ultra patriota que por ele dane-se os direitos das pessoas, se não for fiel a bandeira americana, você é lixo e nem vou falar do Hulk escravizando japonesas para….sério, quem teve essa ideia genial? Alan Moore? Joe Quesada? o cara que fez “A ultima caçada de Kraven?

    bacana o Podcast como sempre.

    PS: o filho da Nikita e Leo Spy vai ser Marvel ou DC? ou mesmo Top Cow?

    PS2: sendo um pouco off, o que você acharam da ideia “genial” de tornar o Coringa um mal antigo de Gotham…quer dizer que ele é imortal agora?

    na minha “opinião de merda”…é um ideia de Jerico.

    • Equipe Quadrim|

      A linha Ultimate realmente foi feita pra um público mais “adulto” que tinha se afastado das HQs. Teve muita cosia esquisita (principalmente mais pro final) mas muita coisa legal.

      E o Wolverine é pegador, bobeou passa o trator.

      PS1: Reza a lenda que vai começar com Turma da Mônica e quando tiver idade ela decide, hehehehe

      PS2: No mínimo é polêmica… Muita chance de ser mal executada.

  3. AbelPedrofg|

    Apesar de ser pouco conhecido, acredito que ficou faltando o universo Valiant, que vem fazendo muito sucesso atualmente.
    Além disso poderiam falar de outro universo que é bem conhecido no Brasil que é o Universo das Tartarugas Ninjas, que já teve diversos Reboots, e nem ouço falar de gente reclamando muito, por que todos foram muito bons, e nunca li um que deixou a desejar, a única coisa mais ruim com eles são mesmo os crossovers, como o do Savage Dragon que foi mesmo ruim.

    • Equipe Quadrim|

      Opa Abel!

      O reboot de 2012 da Valiant é um pouco complicado pois tem um detalhe, não é que a editora resolveu reiniciar as revistas, a editora estava inativa (na época tinha sido comprada pela Acclaim) e voltou à ativa em 2005(?). Não foi um reboot editorial, e sim simplesmente começar a empresa do zero. E claro, o problema de nem ter saído aqui.

      TMNT recai no mesmo problema, saiu pouca coisa antiga aqui. Nós nos concentramos mesmos nos reboots que nós vivenciamos aqui no Brasil.

  4. Rodrigo Rosas Campos|

    Sim, sou o Rodrigo Campos. Minha intenção não é fazer fake, são só possibilidades de meu nome real. Estou impressionado com a pouca repercussão dos reboots. É um tema polêmico e esperava acaloradas discussões nos comentários. Aguardo os próximos casts.

    • Equipe Quadrim|

      Talvez o pessoal esteja mais acostumado com reboots que nem discute, hehehehe

  5. Mathias Bocetto|

    Primeiramente meus parabéns por mais um ótimo podcast e parabéns para os novos papais da Quadrim!
    Segundamente (isso existe?) O que tem mais: retcons ruins do homem aranha ou obras ruins do “Mestre”? E falando nele, quando a economia melhorar eu volto a cobrar heróis renascem. Só não cobro um cast de “Queda do Morcego” pois nem vocês teriam coragem de re-ler aquela atrocidade, pois acho que um dossie do “Mestre” seria menos doloroso.
    Sobre o tema: Qual o pior reebot da dc na opinião de vocês?

    • Equipe Quadrim|

      Olha, a comparação é páreo duro… aumento com “uantos reboots a Donna Troy teve”!

      E Heróis Renascem um dia vai sair, só demos mesmo uma palhinha… Queda do Morcego tmbém está na lista de pautas futuras. Sim, um dia termos coragem de reler.

      Pior Reboot? Conceitualmente acho que Zero Hora foi muito mal pensada e no fim atrapalhou mais que ajudou. Novos 52 talvez tenha tido uma execução ruim pacas (até pq foi feita às pressas).

      • Matias Bocetto|

        “Quantos reboots a Donna Troy teve” é tenso meu amigo ‘-‘

        “Um dia teremos coragem de reler” hsuahsuahsuhaushaushuhaushaushua vão esperar o fim do estado islãmico ou o filho/a da Nikita entrar na faculdade pra ler?

        Hmm….. tenho que reler zero hora, nem lembro direito da história.

  6. Um dia, alguns amigos resolveram que iríamos fazer um podcast sobre Heróis Renascem. Cada um iria ler um dos títulos e depois faríamos a gravação. Calhor pra mim ficar com Vingadores, “escrito” pelo (desculpem a palavra) Liefeld. De saída, um Loki completamente bombado (e olha que os desenhos não eram do sujeito). Deprimente a cada página, consegui chegar até a edição 3 e parei. Me desculpei com a galera – desnecessariamente, pois outros também não conseguiram ir muito além – e pedi que fizéssemos como a Marvel e arquivássemos a ideia na pasta “coisas idiotas”.

  7. Henrique JB|

    Fiquei horrorizado com a quantidade de reboots que vocês comentaram. Lembrava de uns poucos, mas à medida em que iam falando, ficou claro o quanto esse recurso radical virou lugar comum por parte das editoras.

    Queremos nosso Quadrimcast sobre Heróis Renascem!

  8. Pingback

  9. Pingback

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Breve no Quadrimcast!

Konami Easter Egg by Adrian3.com