Quadrim Entrevista - Estudando Quadrinhos Peruanos

You are here: Home » Quadrim Entrevista » Quadrim Entrevista – Estudando Quadrinhos Peruanos

Que tal uma viagem à Lima, #TropaQuadrimcast? Basta se juntar a nós neste QUADRIM ENTREVISTA, onde conversamos com os pesquisadores ROSA ALICIA E THIAGO MODENESI, sobre o projeto ESTUDANDO QUADRINHOS PERUANOS!


Quadrim: Rosa e Thiago, em primeiro lugar agradecemos a vocês por nos conceder esta entrevista. Como é a primeira vez de vocês no site, tem a pergunta básica: como vocês se tornaram fãs de quadrinhos?
Rosa: Eu me tornei fã de quadrinhos desde meus 7 anos de idade quando meu pai trazia para casa as histórias em quadrinhos do Condorito. Ele sempre foi fã do mesmo e lia a pra mim antes de eu dormir. Achávamos o conteúdo desta HQ muito engraçada.. Eram momentos de união familiar já que meu pai passava o dia todo trabalhando e assim ele me incentivou a eu ter gosto pela leitura e em particular desenvolver um carinho muito especial pelas histórias em quadrinhos.

Thiago: Comecei a ler quadrinhos em 1984, ganhei de presente um Asterix e os Godos, o tenho até hoje, daí comecei a ler e colecionar quadrinhos da Marvel e depois da DC, nessa época morava em Pernambuco, acabei voltando para São Paulo e comecei a conhecer os quadrinhos europeus da Meribérica, daí o gosto foi se ampliando, refinando, até virar meu objeto de pesquisa.

Quadrim: Falando sobre o projeto de vocês, “Estudando Quadrinhos Peruanos”, vem a pergunta: como surgiu esse tema? E por que focar nos quadrinhos peruanos?
Rosa: Este tema veio da pesquisa do meu mestrado por ser parte da área de educação. Como é assunto inédito para o Brasil achei interessante investigar sobre ele para abrir portas de conhecimento no Brasil, com a intenção de que as Histórias em Quadrinhos do Peru no século XXI tenha um espaço aberto no campo de pesquisa sobre quadrinhos internacionais na Universidade Federal de Pernambuco. Isso também porque hoje em dia as histórias em quadrinhos estão tendo muito mais espaço no sistema educacional do Peru, principalmente as que abordam personagens importantes da história de lá, como a historieta do comandante Miguel Grau que lutou na guerra entre Peru e Chile, a historieta Os Incas, La Chola Power, a Filha do Deus Sol, todas tratam de assuntos culturais do Peru.

Há também os casos de três releituras do clássico conto do escritor literário peruano César Vallejo, a HQ do poeta Mariano Melgar adaptada para as histórias em quadrinhos, entre outros personagens, que tornam as histórias em quadrinhos atrativas e relevantes para a aprendizagem dos alunos na disciplina de literatura peruana nas escolas, como também, aqui no Brasil já existem histórias em quadrinhos com adaptações com base à literatura brasileira, isto me permitiu realizar uma interface de conhecimentos entre Brasil e Peru de como as historias em quadrinhos são importantes para a sala de aula nos países da América latina.

Quadrim: Os quadrinhos peruanos em sua maioria são bem desconhecidos aqui no Brasil… Quais características deles são peculiares?
Rosa: Uma característica bastante peculiar é que o Ministério de Educação do Peru fornece aos professores peruanos materiais de apoio didático que contem diretrizes para usar histórias em quadrinhos nas aulas que contém assuntos cívicos e de cidadania, que tratam pontos de respeito mútuo entre os coleguinhas de classe. Cuidados pessoais, mudanças físicas e de comportamento na adolescência, ajudam a identificar habilidades sociais que permitem melhorar a convivência entre os alunos, a importância da família para o desenvolvimento dos mesmos, direitos que todas as crianças tem à Educação.

O enfoque geral de aprendizado são que as HQs tenham o poder para transmitir conhecimentos sobre assuntos educacionais como uma abordagem diferenciada de ensino e de aprendizados que os professores peruanos podem fazer uso das mesmas para lecionar diversas disciplinas em sala de aula ao seus alunos.

Quadrim: O projeto de vocês não é o único atualmente no Catarse que mistura quadrinhos e educação. Nesse tempo de pesquisadores, o que vocês sentem da união da nona arte com a educação?
Rosa e Thiago: É o caminho natural, só os quadrinhos conseguem mesclar plenamente o desenho com o texto, captura movimento, expressões e detalhes que o cinema e os livros convencionais não são capazes, é uma possibilidade de educar e acessar os mais novos, mas também já é um espaço de publicações refinadas, educa adultos e facilita o diálogo e conteúdo das aulas.

Quadrim: Thiago, você já ganhou um HQMix em 2012 na categoria Melhor Dissertação de Mestrado, como isso o impulsionou a fazer novos projetos?
Thiago: O reconhecimento do nosso trabalho é muito bacana sempre, ainda mais o HQMix, lembro de quando ia assistir a premiação ainda pré-adolescente com a minha já falecida avó no SESC Pompéia em São Paulo. Creio que o prêmio aumentou ainda mais meu desejo de pesquisar a área, depois da premiação a coleção que organizo com o professor Amaro Braga da UFAL (Quadrinhos & Educação) também foi indicada na categoria livro teórico. Quanto mais debatermos, divulgarmos, abordarmos academicamente nosso gosto pelas HQs permitindo que a mesma chegue a mais e mais pessoas melhor.

Quadrim: E após o projeto finalizar, sendo ele financiado ou não, quais os próximos planos?
Rosa e Thiago: Vamos publicar o Estudando Quadrinhos Peruanos, na sequência estamos lançando a segunda edição revista e ampliada da minha dissertação de mestrado (Educação para Abolição: charges e histórias em quadrinhos no Segundo Reinado), justamente a que ganhou o HQMix, uma cartilha sobre acessibilidade em quadrinhos e também entrando no mercado de publicações, trazendo de volta ao nosso país um personagem que há muito tempo não é publicado aqui… esse ainda é segredo!

Quadrim: Quem já apoiou, o que pode esperar do livro?
Rosa e Thiago: O livro está sendo feito com muito carinho, muito cuidado. É como um filho pra nós. Será singular pelo que oferece, apresenta de maneira única e fartamente ilustrada a realidade dos quadrinhos do Peru, material nunca antes visto em nosso país.

Quadrim: Pra finalizar, que recado vocês dariam aos leitores que possam estar indecisos se devem investir no projeto?
Rosa e Thiago: Venham conosco, ajudem a permitir o acesso a um material que ajuda ampliar o diálogo entre os povos latino-americano nas artes, as HQs são um excelente meio para isso. Apoie ESTUDANDO QUADRINHOS PERUANOS e garanta aos leitores conhecer tudo de bom que o Peru produziu nessa área e sua ligação com a educação.

Embarque ness aviagem num universo quadrinístico vizinho nosso!, Tropa! Se quiser ter essa obra em suas mãos, basta clicar na imagem abaixo e contribuir! A partir de R$ 30,00 (R$ 25,00 se você for rápido) você receberá um exemplar garantido e o prazo para contribuir é até 06 de abril de 2017!

Você também pode gostar de:
Equipe Quadrim

Nerds e Apaixonados por cinema, séries de TV, animação, games e, especialmente, quadrinhos; os membros da Quadrim se reúnem aqui pra dar sua opinião, mesmo sem ninguém pedir, sobre todos os assuntos que fazem parte desse maravilhoso mundo.

Facebook Twitter 

Comentários

comentários


Esse espaço é destinado aos visitantes da Quadrim para interagir entre si e com os membros da equipe. Não é necessário realizar login, basta informar nome e e-mail. Pedimos a todos que se expressem com respeito e cordialidade, evitando ofensas gratuitas e palavras de baixo calão.

A Quadrim não se responsabiliza pelas opiniões postadas nesse espaço por seus visitantes, mas solicita a todos que se utilizem de sua liberdade de expressão com a devida atenção às regras normais de convívio social. Os comentários estão sujeitos a moderação no caso de descumprimento dessas instruções.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Breve no Quadrimcast!

Konami Easter Egg by Adrian3.com